Posts

Da mentira nossa de cada dia

Houve um tempo – que parece tão remoto – em que a mentira envergonhava. Exceção à regra da verdade, mentir tornava execráveis os responsáveis pelas grandes mentiras e desprezíveis os que faziam das pequenas mentiras um instrumento cotidiano para enganar os outros e levar vantagem. Já houve culturas – na oriental, de modo geral, por […]

Uma palavra de despedida, apenas: Mentira

Outro domingo… Outro encontro com a saudade…De preferência, aos domingos. Às vezes, sábados à tarde. Não sei por quê. Momentos de ternura e encantamento, embalados pela música que não morre nunca! Caminhemos, amigos, pelas estradas tão ternas que só? a saudade sabe fazer… Os versos bonitos do poeta triste… A música terna, de alguém que […]

As Mentiras que Ouço Por Aí!

– Ô Santina! Se o (fulano) perguntá por mim, diz que não me viu. Depois te explico! Disse o homem, ao celular, entrando no ônibus. Pelo visto, a mulher insistiu, mas ele foi taxativo: – Depois te explico! O que se esconderia atrás daquela recomendação? Seria o “fulano” o patrão investigando o motivo de uma […]

Ignorância e felicidade

“A ignorância faz a felicidade dos povos”. A frase é de um ministro francês de 1758. Ele afirmou ainda, que  nada era mais útil ao povo do que a mentira, que nada era mais prejudicial que a verdade. Deixando de lado os exageros que foram corrigidos por sábios da época, a frase se presta muito […]