Rádio de todos os dias, de todos os tempos – 7

Demoramos, mas os fatos recentes são animadores. Os estudos sobre o rádio, quem são os seus controladores, quem são seus usuários e qual é verdadeiramente sua função suprema estão cada vez mais numerosos, mais contundentes e mais específicos. Outro aspecto animador é que essa produção está brotando em praticamente todos os recantos do país, do Oiapoque (AP) ao Chuí (RS). Do surgimento do Instituto Caros Ouvintes, em 2003 aos dias atuais, o que se verifica é o crescimento continuado do número de publicações particularmente nos cursos de Comunicação Social, em escolas do ensino fundamental e na produção literária e técnica. São exemplos marcantes os recentes lançamentos dos livros Memória da Radiodifusão Catarinense, pela Acaert – Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão e Panorama do Rádiono Brasil do Grupo de Pesquisa Rádio e Mídia Sonora da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – Intercom. Dessa publicação destacamos hoje o artigo de Ricardo Medeiros Panorama do Rádio em Florianópolis. Leia aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *