Quem não se comunica bem…

O velho guerreiro Chacrinha tinha toda razão ao afirmar que “quem não se comunica se trumbica”.  Muita gente ainda pensa que  a comunicação se resume na redação de uma nota que é enviada a imprensa para publicação, e só. Esquecem-se que a comunicação entre as pessoas é muito complexa. Por falta de boa comunicação, perdem-se negócios, geram-se revoltas,  perde-se o  avião no aeroporto onde os anúncios são mal feitos, fanhosos e com som ruim e péssima dicção dos “locutores”. Até guerras já foram desencadeadas por falta de uma comunicação eficiente. É preciso se comunicar bem.

A comunicação oral é fundamental para que as pessoas recebam bem as  informações, promovam bons diálogos e entendam o que esta acontecendo.  Falar com  calma, segurança e destacando cada silaba da palavra, para ser bem entendido. Aquela história de  que “para o bom entendedor meia palavra basta” é pura balela. Por melhor que seja o “entendedor”, se a comunicação for ruim, está feita a encrenca. Sempre alguém sai perdendo.

Recentemente um conhecido contou a seguinte história: um cidadão telefonou para uma agência de viagens com intenção de fazer um cruzeiro pela costa brasileira. Perguntou sobre o roteiro, quantos dias de navegação etc.  Quando chegou nos valores surgiu o problema da comunicação defeituosa.  Perguntou sobre o preço e recebeu a resposta que saía por tantos reais, já incluídas as gorjetas e a “taxa portuária”. Recebeu essas informações e prometeu uma resposta no dia seguinte.  Novo telefonema.

– Quero confirmar o cruzeiros na costa brasileira, aceito o preço estipulado mas, as toalhas eu levo de casa. Assim vocês podem reduzir a “ Taxa Por Toalha”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *