Edgard José de Oliveira, convivendo com a juventude – 4

Publicado em: 08/08/2013

Ensaio biográfico | Convivendo com a juventude

Padre Edgar, junho 2013

Padre Edgar, para nós profissionais da comunicação, educadores e líderes empresariais ou mesmo como simples cidadãos, simboliza a figura que acima de qualquer preceito está a serviço do bem de seu semelhante. Nesta etapa, nossa conversa esteve centrada nas primeiras atividades eclesiásticas exercidas por Edgard. Começo brincando que ele, nos anos 1960/1970, era conhecido em Florianópolis, como ‘padre casador’, uma vez que seus alunos e seus seguidores nas atividades religiosas, todos se consideravam seus amigos e queriam ser abençoados por ele. Também nessa fase padre Edgar teve importante participação como conselheiro religioso de grupos de escoteiros e bandeirantes. Nesse mesmo período, padre Edgard enfrentou sérios desafios tanto dentro da religião como cidadão. A ala conservadora da igreja o considerava excessivamente liberal e a ditadura militar o tachava de perigoso instrumento a serviço do comunismo. Chegou a ser preso. (Participa Nivalda Preta Severo)

Veja também as outras partes do ensaio  biográfico sobre o Padre Edgard José de Oliveira:

Parte 1: Um homem do clero a serviço das pessoas

Parte 2: Com um ideal no coração

Parte 3: A preparação para vida clerical

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *