Ciberguerra

Rádio CBN Brasil | MUNDO DIGITAL, com Ethevaldo Siqueira
Milton – Ethevaldo, qual é a sua opinião sobre os riscos de ataques cibernéticos no mundo atual?
Ethevaldo – Os riscos são cada dia maiores, Milton. Não se trata de nenhuma paranoia ou de sensacionalismo barato. O pior nessa área é o cidadão, a empresa ou país achar que nada de grave lhe vai acontecer. E não se trata de fraudadores ou de simples invasão de computadores por hackers ou ladrõezinhos que invadem nossos computadores para furtar nossa identidade e nossos dados confidenciais. Agora, os riscos são muito grandes e assumem as proporções ainda maiores.

Milton – Mas os fatos concretos comprovam esse aumento dos riscos e dos ataques cibernéticos?
Ethevaldo – Sim, Milton. O número de ataques de todos os tipos está crescendo a um ritmo de mais de 100% ao ano. Os maiores bancos norte-americanos perderam mais de US$ 5 bilhões em 2012 com esses ataques. O mesmo ocorre com os maiores bancos brasileiros, que também são alvo de ataques desse tipo, mas não querem falar publicamente sobre o assunto. O jornal New York Times foi atacado duramente durante meses por hackers chineses. No fim de 2012, um ataque supostamente lançado pelo Irã invadiu e desorganizou 35 mil computadores da maior empresa produtora de petróleo do mundo, a ARAMCO – nome que quer dizer Arabian-American Co. – localizada na Arábia Saudita.

Milton – De que países provêm a maioria desses ataques?
Ethevaldo – Além da China, provêm do Irã, da Rússia, do Iraque, da Coreia do Norte e de países árabes. Em resposta, são feitos ataques a partir dos Estados Unidos, Israel e outros. Como você vê, estamos diante de uma verdadeira guerra cibernética. No futuro, vamos falar mais sobre o tema, Milton. Até porque eu acabo de voltar de um evento mundial sobre segurança cibernética. Tenho um caminhão de coisas interessantes e importantes sobre o tema.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *